Lost touch with the people??? Tá bem tá ...

>> 20080804

...
Imagem: PrtSc de uma notícia da ABC News

Comentário: Para quem quer manter a estabilidade, o Presidente Ramos-Horta anda a dizer coisas estranhas ... Primeiro, aquela entrevista ao Expresso (2008/07/26, pág. 30 [mais aqui]) e agora, diz que Xanana 'lost touch with the people'...

Tá bem tá ... Das duas uma: ou são efeitos das anestesias ou os media andam muito concertadinhos (tipo SOL) a repescar e recolocar à sua maneira determinadas 'afirmações'. É óbvio que não coloco uma terceira hipótese ...

2 comentários:

Anónimo,  segunda-feira, 4 de agosto de 2008 às 15:29:00 WEST  

Com todo o devido respeito ao nosso PR mas penso que nao estava a fazer uma analise correcta na altura em que proferiu estas palavras.
Lembro-me de ter abordado esta mesma questao dos resultados do CNRT algum tempo atras no TLN se nao estou equivocado.

Ora bem, e' obvio que Xanana e o seu partido jamais poderiam ter alcancado nas legislativas os 80 e tal porcento que ele atingiu aquando das eleicoes presidencias. Simplesmente porque as duas eleicoes envolvem factores politicos completamente diferentes. As primeiras envolvem a disputa entre partidos politicos ao poder executivo e a segunda envolve a escolha do chefe de estado, posicao essa que transcende a politica partidaria.

E' so ver que para que tal fosse possivel todos, repito todos os partidos da entao oposicao teriam que "fechar as portas" por completo e a Fretilin teria que ficar reduzida a menos de 20% do total de votos.

Se isso acontecesse demonstraria de certa forma uma total falta de seriedade politica do eleitorado Timorense por nao saber manter uma certa lealdade aos seus partidos quando nao haviam fortes razoes para os bandonarem, e aqui refiro-me obviamente aos partidos da entao oposicao mais fortes e ja bem estabelecidos.

Alem do mais o CNRT e os restantes partidos que hojem constituem o governo partiram do principio como aliados politicos que juntariam as forcas depois das eleicoes como acabou por se verificar.

Ora sendo esse o caso nao havia qualquer necessidade e seria ate contraproducente para a alianca se o CNRT tivesse feito uma campanha activa para atrair os simpatizantes dos partidos aliados. Alem do mais, e devido a esse facto, o eleitorado timorense tambem nao sentiu a necessidade de fazer uma escolha entre permanecerem ou sairem dos seus partidos como o PD PSD ou ASDT para se juntar ao recem formado CNRT. Mesmo assim ainda me lembro de Mario Carrascalao ter acusado o CNRT de traicao por ter 'esvaziado' o PSD, quando na realidade o que aconteceu foi que o CNRT acabou por atrair a grande parte dos Timorenses que tinham perdido a confianca na Fretilin, o que causou na mesma um certo desconforto entre os partidos da alianca.

Tomando em consideracao esta conjuntura politica da altura, o aparecimento do CNRT com Xanana a cabeca serviu para oferecer uma alternativa viavel ao eleitorado que estava decidido a afastar-se da Fretilin mas que possivelmente achariam dificil ingressar nos partidos da oposicao existentes na altura.

Considerando todos estes factores, sou da opiniao que os resultados do CNRT representam na realidade um grande sucesso que jamais seria possivel atingir sem a figura carismatica de Xanana Gusmao. O CNRT era um partido de meses que acabou por atingir o segundo lugar com uns meros 4.xx pontos percentuais atras da Fretilin, um partido historico com mais de 30 anos de existencia e com uma maquina partidaria formidavel ao seu dispor assim como uma presenca supostamente enraizada no seio da populacao. Mesmo assim foi o que se viu.

Como ja era anticipado, houve um ajustamento natural do panorama politico timorense em que os partidos mais fracos acabaram por perder a pequena representatividade que tinham conseguido no parlamento durante as constituintes para dar lugar a partidos mais fortes.
E' de esperar que nas proximas eleicoes o eleitorado sem representacao no parlamento ira optar por dar os seus votos aos partidos mais fortes fazendo os crescer ainda mais.
Sou da opiniao que a Fretilin nao esta incluida na categoria dos partidos em crescimento por obvias razoes. A Fretilin entrou definitivamente em declinio, declinio esse que sera ainda mais acentuado se o actual governo conseguir conseguir mostrar ao povo o seu valor nos proximos 4 anos. Ao que parece a diferenca entre o actual e o antigo governo ja comeca a evidenciar-se pela positiva o que resultara em maiores perdas para a Fretilin nas proximas legislativas.

Tendo dito isto e voltando as afirmacoes do nosso PR Ramos-Horta, numa hipotetica possibilidade de ele formar um partido para concorrer as proximas legislativas, jamais conseguiria em 2012 os mesmo resultados que o CNRT obteve nas ultimas e primeiras legislativas de 2007, mesmo que para isso passasse o tempo que lhe resta na Presidencia a manter-se "in touch" com o eleitorado timorense.

E' que uma vez que as "coisas" vao caindo nos seus lugares tornam-se mais dificies de mudar.

Assim chego a conclusao que as afirmacoes do PR Horta foram feitas com base numa leitura incorrecta da dinamica e factores politicos que jogaram para determinar os resultados ja conhecidos.

(HTB)

Moriae segunda-feira, 4 de agosto de 2008 às 22:47:00 WEST  

Caro HTB,

muito obrigada pelas suas palavras. Para mais, são extremamente didácticas e sabemos qual a importância de um 'discurso' factual, recto e elucidativo. Afinal, nem tudo é aquilo que parecia ...

O carisma e acção de Xanana, nos factos que apontou e na restante história ... 24 anos ... não puderam falar por si em alguns lugares onde 'fazedores de mentes' se instalaram inventando 'milagres e redentores'.

Ramos-Horta: a) fez afirmações com base numa leitura incorrecta; b) houve aproveitamento 'editorial' do que possa ter dito e/ou; c) mantenho os efeitos colaterais do atentado de Fevereiro.

Cordialmente,
M.

Enviar um comentário

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP