Universidade Nacional Timor Lorosae(UNTL)|Mestrados em Ciências da Educação e Sistemas de Informação

>> 20090518

"Mais de meia centena de candidatos disputam 15 vagas nos mestrados em Ciências da Educação e Sistemas de Informação, que começam a 15 de Junho na Universidade Nacional Timor Lorosae(UNTL), num programa de dois anos financiado pela UE.

Díli, 17 Mai (Lusa) - Mais de meia centena de candidatos disputam 15 vagas nos mestrados em Ciências da Educação e Sistemas de Informação, que começam a 15 de Junho na Universidade Nacional Timor Lorosae(UNTL), num programa de dois anos financiado pela UE.

O professor Vasco Fitas, da Fundação das Universidades Portuguesas (FUP), docente da Universidade de Évora, declarou à Agência Lusa que o processo das candidaturas decorre até ao próximo dia 29, sendo esperada a adesão de duas dezenas de candidatos - prioritariamente professores da UNTL - no mestrado em Ciências da Educação e de meia centena no de Sistemas de Informação.

No entanto, só há 15 vagas em cada um deles no programa em que participam a Universidade do Minho - com responsabilidades directas nas avaliações -, a Universidade de Cabo Verde e a UNTL.

De acordo com Vasco Fitas, "poderão ser potenciais candidatos ao mestrado em Ciências da Educação os 150 docentes portugueses deslocados em Timor-Leste, mais três dezenas de colegas seus brasileiros, embora a prioridade vá para os timorenses".

O diploma será oferecido pela Universidade do Minho - acrescentou -, permitindo pela primeira vez a equivalência dos cursos pelos critérios de Bolonha.

Quanto ao mestrado em Sistemas de Informação, o professor Vasco Fitas garantiu: "Há sede de informática em Timor-Leste".

E adiantou: "O curso informático da FUP é o mais acreditado no país, sendo os alunos requisitados pelas empresas locais ainda antes de terminarem as licenciaturas".

Os mestrados em causa são o que o professor classificou de "casamento perfeito": "O do 'know-how' puro e duro da Universidade do Minho, com as necessidades identificadas pela UNTL".

Vasco Fitas já está a pensar nas pós-graduações em informática e no lançamento da segunda fase do projecto FUP: o curso de Ciências Agrárias, bem como os mestrados e pós-graduações em Agricultura, Economia e Gestão, Direito - em que a licenciatura teve início em 2005, no quadro da cooperação portuguesa -, Engenharia Informática e Electrotécnica." (JHM |Lusa | 17 de Mai de 2009 | EXPRESSO ONLINE)

2 comentários:

Meu Norte segunda-feira, 29 de Agosto de 2011 às 23:48:00 WEST  

tenho interesse de manter intercâmbio com timorenses interessados em comunicação social. Sou radialista, jornalista, webmaster e professor de radiojornalismo. Quero desenvolver intercambio que permita a fala direta de timorenses com ouvintes de cidade do interior do Brasil. Os temas dos programas serão discutidos à medida que tenha interessados em falar via skape, ou gravações com ouvintes brasileiros.
Aguarad alguma resposta dos timorenses.

Freddy Macedo (freddy10_3@hotmail.com

Anónimo,  sexta-feira, 9 de Setembro de 2011 às 23:29:00 WEST  

Tenho interesse no intercâmbio de pesquisa com professoes da UNTL ec com possíveis coleaborações na UNTL.Sou Professora de uma Universidade localiada na região amazônica-Brasil.
Cordialmente,
Luciana Nscimento
luciana@ufac.br

Enviar um comentário

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP