Marcha pela Paz ou Marcha pelo Poder?

>> 20080924

Imagem e fonte: Forum Haksesuk

Qual a razão de uma "marcha pela paz" quando Timor se encontra numa situação de paz social?!
Objectivos obscuros se adivinham. Muita atenção!...

6 comentários:

Anónimo,  quarta-feira, 24 de setembro de 2008 às 21:30:00 WEST  

Mas qual poder ... Francamente ...

Anónimo,  quinta-feira, 25 de setembro de 2008 às 01:06:00 WEST  

Qual poder?? O poder que lhes dara o controle de bilhoes e bilhoes de dolares.

Nao nos venha dizer que os 54% do total de despesas do estado que o anterior governo da Fretilin fez desaparecer sem qualquer rasto nao deixou um sabor doce na boca dos corruptos senhores da Fretilin?

Sao esses senhores que agora querem fazer a marcha da paz para derrubar o governo da AMP.

Nao nos venha dizer que quando Mari vai as eleicoes e' so para o ingles ver.

Anónimo,  quinta-feira, 25 de setembro de 2008 às 01:50:00 WEST  

"Francamente"???... as coisas a 11 de Fevereiro não aconteceram à toa, pois não? A belíssima coincidência de Fernando La Sama estar ausente do país e ambos os factos de que as duas outras duas figuras de topo do Estado Timorense terem sofrido os atentados, são coisas de um acto tresloucado de alguém que tinha interesses que tal acontecesse?! Coitados daqueles que morreram. Como seria fácil a seguir... mas felizmente, uma vez mais, falharam.

E quem eram aqueles a quem melhor caberia tais acontecimentos? Francamente... não se esqueça da dita "aproximação à Fretilin" por parte de Reinado (reconhecida publicamente por Mari Alkatiri como natural) - ou em que Reinado foi imbuído. Sabendo-o ou não, ele fez claramente o jogo de desestabilização pretendido por alguns... essa foi, francamente, a visão dada à estampa por diversos meios. Ou estarei eu a sonhar com aquele belíssimo DVD distribuído massivamente em Timor-Leste? Francamente... não tape o sol com a peneira.

De facto se as figuras de Estado tivessem sido abatidas que aconteceria? Aquilo que a Fretilin dizia da boca para fora - eleições antecipadas, claro está. Aquilo que foi discutido antes dos atentados no blog TimorLorosaeNação (verdadeiro "censor" do que não lhe agrada) não é ... francamente ... para esquecer! É que a figura desse cenário está na Constituição, qualquer um o pode fazer mas a linha de toque contínua que se vislumbra é de facto preocupante.

Este enredo não poderia apenas ter sido feito pelo grupo de Reinado. Ele tem uma carga política demasiado óbvia...

Esse francamente devia ser colocado áqueles que se apressaram a intervir nos meios de comunicação social portugueses mal a coisa se deu. Porquê? Porque apareceu Maria Alkatiri na SIC a debitar? E Nuno Franco? A máquina de propaganda é forte, é verdade mas isso só os enterra mais. Conspiradores não faltam.

Agora, como se a pressão de uma "marcha da paz", fomentada por esses mesmos, fosse algo de contexto com a realidade timorense!? Só se for nas cabecinhas alucinadas dos mesmos. Essa marcha está prometida desde o tal retiro da Fretilin... como não pegou a "decapitação das figuras do Estado Timorense", tenta-se agora a verdadeira aberração.

E se descambar sr. Mari? vai atirar as culpas para "agents provocateurs"? Como fará? Demite-se como prometeu? Se a coisa correr pacificamente espera que a adesão seja massiva? E se o não for, se demite?

Que grande sarilho... vamos lá ver se não se volta a ver a fantástica amostra que já de outra vez saboreou... uma entrada em Dili e o pessoal a dar vivas áqueles que querem paz para o seu país. Viva Xanana, Viva Ramos Horta, Viva Lasama, Viva Fretilin Mudança, Viva Mário Carrascalão ... (neste último caso ainda devem desculpas por ter havido uns personagens que gritaram "Morte a Mário Carrascalão!" à saída de um evento em que estavam presentes os chefes máximos do partido e... NENHUM DELES ESBOÇOU MENAGAÇÃO OU METEU OS PERSONAGENS NA ORDEM! Nadinha...

Mas qual poder? Bem, o poder de desestabilizar é evidente para esses lados.

Lian Hosi Foho Tutun quinta-feira, 25 de setembro de 2008 às 12:24:00 WEST  

Timor-Leste: SITUAÇÃO DETERIOROU-SE EM 2007/8, "CAIU" 22 LUGARES . Lisboa, 23 Set (Lusa) - A maioria dos países lusófonos, à excepção de Cabo Verde, piorou a sua classificação no índice global de corrupção, divulgado hoje pela Transparency International, que analisa os níveis do fenómeno em 180 países.

A lista, divulgada anualmente, estima o grau de corrupção do sector público percepcionada pelos empresários e analistas dos respectivos países, e está organizada do menos corrupto (1º lugar) para o mais corrupto (180º), a que corresponde uma escala de 10 pontos (livre de corrupção) a zero pontos (muito corrupto).

Timor-Leste conta-se entre os países onde, segundo a Transparency International, a situação se deteriorou "significativamente" entre 2007 e 2008, tendo registado a pior queda com uma descida de 22 lugares.

O país, que há um ano ocupava a 123ª posição com 2,6 pontos, caiu este ano para o 145º lugar com 2,2 pontos, ao mesmo nível do Cazaquistão e com uma prestação ligeiramente acima de países como o Bangladesh, Quénia ou Rússia.

Portugal ocupa este ano a 32ª posição com 6,1 pontos, tendo perdido quatro posições e 0,4 pontos em relação ao índice de 2007.

Dos restantes lusófonos, Cabo Verde subiu dois lugares no índice, passando da 49ª para a 47ª posição, com 5,1 pontos, posição que partilha com a Costa Rica, Hungria, Jordânia e Malásia.

A Cabo Verde segue-se o Brasil entre os estados lusófonos melhor classificados, no entanto a 80ª posição conseguida em 2008 revela uma queda de oito posições em relação ao ano anterior, mantendo contudo o mesmo número de pontos que em 2007 (3,5).

Burkina Faso, Marrocos, Arábia Saudita e Tailândia partilham a posição com o Brasil.

A descida menos significativa foi a de São Tomé e Príncipe, que passou do 118º para o 123º lugar, mantendo o mesmo número de pontos (2,7) e partilhando a posição com países como o Nepal, Togo, Nigéria ou Vietname.

Moçambique caiu 15 posições na lista e perdeu 0,2 pontos, ocupando agora o 126º lugar, enquanto Angola e Guiné-Bissau perderam 11 lugares, uma queda que se registou igualmente na pontuação dos dois países, que passou de 2,2 para 1,9 pontos.

Angola e Guiné-Bissau ocupam agora a posição 158 juntamente com com Azerbaijão, Burundi, Gâmbia, Congo, Serra Leoa e Venezuela.

Macau, Região Administrativa Especial da China, é citado pelo segundo ano consecutivo como tendo registado um "agravamento dos níveis percebidos de corrupção", tendo passado do 34º para o 43º lugar e de 5,7 para 5,4 pontos.

Analisando a totalidade dos 180 países, a Dinamarca, Nova Zelândia e Suécia dividem o primeiro lugar como uma pontuação de 9,3 pontos, seguidos de Singapura como 9,2 pontos.

Na ponta oposta da tabela, está a Somália com 1,0 pontos, precedida do Iraque e Myanmar com 1,3 pontos e do Haiti com 1,4 pontos.

Durante a apresentação do índice de 2008, em Berlim, Huguette Labelle, que preside à Transparency International, destacou os aumentos contínuos dos níveis de corrupção nos países pobres e os constantes escândalos corporativos nos países ricos.

"Os aumentos contínuos nos níveis de corrupção e pobreza, que assombram muitas das sociedades do mundo, caminham para um desastre humanitário e não podem ser tolerados. Porém, até mesmo nos países mais privilegiados, onde as sanções são aplicadas de forma perturbadoramente desiguais, o combate à corrupção precisa ser enrijecido", defendeu.

Anónimo,  quinta-feira, 25 de setembro de 2008 às 13:36:00 WEST  

"Os meninos operacionais da Fretilin precisam de propaganda aqui também?

A publicação referida no comentarista acima, apela à violência! Não se deve compactuar com esta postura...
Não chegarão áqueles os canais de manipulação instalados alhures?

A personagem de nome Alex Tilman vs TATOLI vs macario.sousa fez com que pessoas em diferentes grupos de apoio a Timor fossem "censuradas". Refiro especialmente, censuradas, no Forum-Loriku e seus satélites. Tendo feito esse mesmo apelo à censura publicamente no ano passado. A memória é curta... O blog TimorLorosaeNação irradicou do seu espaço alguns dos links que íam dar a blogs que não são da sua "cor política" ou que pelo seu conteúdo não lhes agrada, caso do Umalulik. Para não se falar do TimorOnline que fechou os comentários aos que não lhes agradam desde o final de 2006! O blog TLN tem recentemente por princípio, desde a sua mudança "estratégica", censurar os comentários que não lhes agradam e não estou a falar de asneiras que ali se colocam e que deveriam, essas sim ser apagadas, mas sim de simples posições em relação a Timor-Leste contrárias às opiniões dos mentores desse blog. Essa mudança foi claríssima a partir do momento em que apareceram com as letrinhas todas, nomes de pessoas que supostamente "conspiram" em Timor-Leste contra Xanana Gusmão, contra a AMP, contra Ramos Horta, contra Fernando La Sama, contra tudo aquilo que não é da sua cor política. Recorrente é o facto de censurarem os comentários de moriae e não só, para só falar deste caso mas outros há.

Assim, começo por aqui, por fazer a sugestão a essa mesma personagem TATOLI, referida inicialmente e propôr: não censurem as coisas, eliminem sim o mau trato escrito e expresso por uns quantos e umas quantas pessoas. O resto, deveria ser dado à estampa.

Agora propaganda áqueles que já assumiram claramente um cariz de violência, meu caro TATOLI..., é melhor começar a pensar no assunto. O Umalulik deveria fazer exactamente a mesmíssima coisa quanto às diatribes de TATOLOS e às dos seus e suas colegas e simplesmente ignorar-vos. Apagar a propaganda daqueles que apelam à violência pois sabe perfeitamente que as pessoas não ficarão de braços cruzados caso, como pretende Mari Alkatiri, desestabilizem Timor-Leste.

E já lhe estou a dar importância a mais... "

Desculpem a repetição... mas é só por uma questão de IP's...

Anónimo,  quinta-feira, 25 de setembro de 2008 às 13:50:00 WEST  

O Sr. Victor Tavares, se acalme meu filho.... se não cê vai ficar doido antes de voltar para o Timor muleki. Cê tá falando que nem um bêbado e só faz eh vergonha para você mesmo e piór, para o Xanana e a nossa AMP. O Sr. Xanana tá bem e ele precisa de gente com cabecinha fria e não bêbados como você. Agora vê lá você estude e depois que se regressa rapidamente para Timor para apoiar a nossa AMP e o nosso Xanana. Ta bem menino? Agora vamos la a todos, 1, 2, 3: VIVA AMP!!! VIVA Xanana!!! Abaixo os comunistas da FRETILIN!!! Abaixo os comunistas da Africa e do Maputo!!!

Enviar um comentário

  © Blogger template Simple n' Sweet by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP